Watch live streaming video from occupynyc at livestream.com

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Todos os dias comemos substâncias tóxicas às refeições


Viktor Iushchenko quase morreu vítima de uma tentativa de assassínio com uma dioxina quando era candidato à presidência da Ucrânia, a mesma que agora foi parar, em valores quase residuais, a ovos e carne de porco e frango da Alemanha. As substâncias tóxicas fazem parte do menu diário da alimentação dos humanos, que em 80% dos casos adoecem devido a dietas contaminadas ou erradas.

As dioxinas, tóxicos cancerígenos criados pelos humanos e usados na guerra do Vietname, foram introduzidos na cadeia alimentar por produtores de rações para animais, que se suspeita terem tentado poupar nos custos comprando óleos de resíduos de biodiesel, não autorizados para uso humano. Milhares de quintas que tinham comprado as rações contaminadas foram encerradas e os respectivos animais abatidos.

Peritos ouvidos pelo El Mundo dizem que este escândalo não é uma excepção. "Não é um caso isolado. Numerosos estudos têm documentado que a contaminação com dioxinas e outros compostos orgânicos persistentes é habitual em rações e alimentos", afirmou Miquel Porta, catedrático de saúde Pública da universidade Autónoma de Barcelona.

"Já vimos vários escândalos que demonstram o fracasso do sistema de gestão e controlo dos contaminantes químicos. Assim que uma substância química perigosa é fabricada ou é gerdo por uma emissão [poluente], acaba por chegar ao meio ambiente, à cadeia alimentar e às pessoas. Há uma incapacidade do sistema para evitar e prevenir isto", alertou Dolores Romano, coordenadora da área de risco químico do Instituto Sindical de Trabalho, Ambiente e Saúde, em Espanha.

fonte: DN

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...