Watch live streaming video from occupynyc at livestream.com

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Lulzsec Portugal revela dados de 107 agentes da PSP
































O grupo de hackers Lulzsec ameaça revelar "os dados de todos os agentes da PSP, esquadra a esquadra, indivíduo a indivíduo, a começar pela esquadra de Chelas".

A delegação portuguesa do grupo hactivista Lulzsec revelou, no passado domingo, os nomes, postos, números de identificação, locais de trabalho e cargos desempenhados, números de telefone e contactos de e-mail de 107 polícias da esquadra de Chelas, Lisboa.

De acordo com o Público, os dados foram obtidos após um ataque à Rede Nacional de Segurança de Segurança Interna, que integra os dados de todas as corporações de segurança e proteção civil que são tuteladas pelo Ministério da Administração Interna (MAI).

O ataque e consequente fuga de informação na Net surgiram como retaliação dos confrontos registados entre polícias e manifestantes na escadaria da Assembleia da República, no dia da greve geral (24 de novembro).

O ataque foi reivindicado com um pequeno texto e a publicação de um link que encaminha os internautas para os dados pessoais dos 107 policiais. No texto, o Lulzsec Portugal promete dar seguimento ao ataque anunciado ontem até publicar os dados pessoais "de todos os agentes da PSP, esquadra a esquadra, indivíduo a indivíduo, a começar pela esquadra de Chelas".

A maioria dos sindicatos de polícias desconhecia o caso - mas houve quem admitisse solicitar explicações à Direção Nacional da PSP.

Por sua vez, a Direção Nacional da PSP ainda não comentou o sucedido.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...