Watch live streaming video from occupynyc at livestream.com

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Breivik é inimputável e não pode ser preso




















A avaliação psiquiátrica de Anders Behring Breivik, o autor confesso do massacre de Utoya, foi tornada pública. O Tribunal de Oslo declara Breivik demente e inimputável, o que significa que o autor do pior massacre de sempre na Noruega não vai passar um único dia na prisão.

Tarjei Rygnestad, o médico que esteve a liderar a equipa forense responsável pelo caso Breivik, disse, logo a seguir aos ataques, que era pouco provável que o homicida fosse legalmente dado como demente devido à forma cuidadosa como planeou e executou os ataques.

As conclusões que agora são tornadas públicas contradizem esta teoria inicial. De acordo com o procurador Svein Holden, os «peritos forenses concluíram que Anders Behring Breivik estava doente quando matou 77 pessoas».

Na Noruega, quando alguém é considerado como agindo dentro de um estado de psicose em que não tem contacto com a realidade e perdeu o controlo das suas próprias acções, essa pessoa é inimputável e não pode ser presa.

«Se a conclusão final for a de que Behring Breivik era irresponsável, pediremos ao tribunal, no final do julgamento, que receba tratamento mental obrigatório», declarou a procuradora Inga Bejer Engh. De acordo com a mesma, o tratamento psiquiátrico pode prolongar-se por toda a vida.

fonte: Sol

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...