Watch live streaming video from occupynyc at livestream.com

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Os Marretas. A Hollywood comunista tem uma nova arma para lavar cérebros infantis




















Canal Fox dedica episódio do programa de debate “Follow the Money” à agenda ultraliberal secreta dos comunistas em Hollywood

Alerta à navegação: nem o sapo Cocas mudou de verde para vermelho nem Os Marretas aparecem de foice na mão na nova produção da Disney que chega a Portugal em 2012 e que já está a agitar as águas conservadoras dos EUA. A história que faz renascer as personagens do surrealista Jim Henson no cinema e que estreou esta semana do outro lado do Atlântico é linear: o gangue de fantoches mais famoso de sempre tem de se reunir para, com a ajuda de três fãs, salvar o seu antigo teatro de um magnata do petróleo ganancioso. Sinopse suficiente para fazer tremer a conservadora Fox News, que dedicou a última rubrica de debates “Follow the Money” ao assunto.

“A Hollywood liberal a retratar um empresário de sucesso como mau, isto não é novidade”– foi esta a frase escolhida por Eric Bolling, apresentador, para inaugurar o episódio inteiramente dedicado a explorar a agenda secreta dos liberais comunistas para lavar o cérebro dos pequenos norte-americanos.

“É impressionante o quão longe a extrema-esquerda vai para manipular as crianças, para convencê-las, para lhes passar mensagens antimultinacionais”, disse Dan Gainor, membro do conservador Media Research Center e convidado do programa. “Há décadas que o fazem. Hollywood, a esquerda, os media, todos odeiam a indústria petrolífera. Eles odeiam a América empresarial. Então vemos estes filmes todos a atacá-la. Seja o “Cars2”, outro filme para crianças, seja o “Syriana” do George Clooney ou o “There Will Be Blood”, todos estes filmes atacam a indústria petrolífera, nenhum deles lembrando às pessoas o que o petróleo significa: combustível para iluminar um hospital, aquecer a sua casa, para a ambulância que os leva para o hospital se for preciso. E eles não querem contar essa história.”

O oráculo do programa acompanhou o devaneio: “Estarão os liberais a tentar lavar o cérebro dos seus filhos contra o capitalismo?” O nome do barão mauzão, Tex Richman, foi a cereja no topo da conspiração (Tex, palavra homófona de “tax”, imposto; Richman fala por si). Teoria para pôr muitas outras a um canto (quem matou John F. Kennedy?).

A discussão aqueceu ainda mais quando Gainor, embalado por Bolling, entrou pelo Occupy Wall Street adentro (não literalmente). “Isto é o que eles estão a ensinar aos nossos filhos! Perguntam-se porque é que temos um bando de pessoas do Occupy Wall Street a passear pelo país? Eles foram literalmente doutrinados durante anos por este tipo de coisas – que as grandes empresas são más, a indústria petrolífera é má e, em última instância, o que estão a dizer aos miúdos é o que nos disseram no The Matrix: que a humanidade é um vírus nesta pobre e velha mãe Terra.”

Pobre e velha mãe Terra conspirativa. O “Huffington Post” tentou falar com os Teletubbies (os Marretas deviam estar incontactáveis) sem sucesso. Estariam provavelmente a planear o próximo ataque às multinacionais.

fonte: Jornal i


Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...