Watch live streaming video from occupynyc at livestream.com

sábado, 8 de junho de 2013

Anonymous recebem 54 mil dólares para criar site de informação


A máscara associada aos Anonymous é uma presença regular nas manifestações de todo o mundo, incluindo Portugal RUI GAUDÊNCIO

Financiamento colectivo servirá para hackers lançarem site noticioso. Doações foram 27 vezes superiores ao esperado.

O site de informação “independente” prometido pelos Anonymous está mais próximo. A campanha de crowdfunding (financiamento colectivo) lançada no final de Março chegou ao fim com um valor largamente superior ao que o grupo de hackers considerava necessário para avançar com o projecto. O objectivo era angariar dois mil dólares, mas em pouco mais de dois meses receberam doações no valor total de 54.588 dólares (41.662 euros, ao câmbio actual).

Numa nota divulgada nesta segunda-feira, o grupo de hackers e activistas (hacktivistas) agradece a “paciência” dos seguidores, diz reconhecer que o timing “é crucial” para um projecto com este modelo de financiamento e promete uma data de lançamento “sólida” para o próximo comunicado. Para já, limita-se a revelar alguns aspectos do novo site.

“Temos estado a trabalhar arduamente para criar algo limpo e prático, mas também divertido de usar. O Twitter está fortemente integrado – o Facebook, nem por isso. Recentemente, decidimos abandonar definitivamente os comentários públicos e substituí-los por uma funcionalidade social de chat”, lê-se. “Também não iremos anexar automaticamente o nosso .com [endereço] ou o nosso nome de utilizador a tudo o que tweetam – porque somos elegantes”.

Your Anon News – será esse o nome do site. É o mesmo que os promotores deste projecto têm utilizado no Twitter e no Tumblr, ao longo dos últimos dois anos, para reunir e difundir informação “vital”, contornar os “constrangimentos” a que os media tradicionais estão sujeitos e separar esse bloco noticioso de relevo dos “mexericos políticos e de celebridades” que “inundam” esses meios. O que pretendem agora é passar de agregadores a produtores.

Quando lançou a campanha de financiamento colectivo, o grupo prometia “criar um novo ambiente onde o conteúdo não é apenas determinado por fontes externas”, com “os melhores jornalistas independentes online” a acompanhar de forma permanente e aprofundada as notícias mais importantes. O “humilde” objectivo de angariar dois mil dólares foi traçado nessa altura, reconhecendo que só para pagar os servidores seriam necessários 3600 dólares.

Com um valor 27 vezes superior ao estipulado inicialmente, oshacktivistas por detrás do Your Anon News ganham força – e mais atenção – para pôr em marcha o seu plano: “É tempo de darmos as verdadeiras notícias, a toda a gente”. A participação popular também está prevista. O jornalismo-cidadão fará parte do processo noticioso do Your Anon News, com os contributos a serem seleccionados de acordo com critérios de “qualidade, autenticidade e relevância”.

Os Anonymous são um movimento global, aparentemente descentralizado e sem rosto. “Um site de notícias do Your Anon News pode ser algo como a Internet nunca viu, se decidir ignorar muitos dos princípios éticos endossados, mas às vezes esquecidos, pelos jornalistas tradicionais”, escreve o The Next Web. A esse respeito, a Businesseeek sublinha, num tom sarcástico, que “ainda nada foi dito sobre a política [do site] em relação a fontes anónimas”.

Recorde-se que os Anonymous retiraram o seu apoio ao WikiLeaks em Outubro de 2012. “Era uma grande ideia, arruinada por egos”, justificou então um dos elementos associados ao grupo.

fonte: Público

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...