Watch live streaming video from occupynyc at livestream.com

segunda-feira, 9 de abril de 2012

insurance.aes256: O arquivo do 'apocalipse virtual' foi detectado?


O que guarda o insurance? Piada, realidade ou a chave do Armagedom cibernético? 

Na aparente sede do mundo ufológico por mais informações sobre os cables que o polémico WikiLeaks 

daria a conhecer, até o momento nada há de útil no âmbito em questão, além de mera citação no jornal norueguês AftenPosten e algumas outras que nada trouxeram de novidades. Ou, ao menos, não havia.

Logo depois da recente notícia de hackeamento do site da Força Aérea Argentina (FAA), com aparente denúncia de queda de UFO na província de Mendoza em janeiro de 1985, acaba de surgir algo inusitado e, definitivamente, possível grande valor.

Conforme diversas matérias sobre Julian Paul Assange, editor-chefe e homem forte do site de vazamentos Wikileaks, o mesmo possuiria uma espécie de "seguro de vida virtual", um arquivo repleto de documentos sigilosos e comprometedores ao extremo, que garantiria sua integridade física de possíveis represálias.

O investigador peruano Marco Barraza, através de fontes ligadas aos sete parceiros de mídia de Assange - The New York Times, The Guardian, El País, Le Monde, revista Der Spiegel, Folha de São Paulo e O Globo possuem acesso exclusivo ao material, repassando depois para a mídia mundial - revelou o arquivo intitulado insurance.aes256.

Possuindo tamanho de 1.39 GB e circulando pelas redes P2P, até o momento não pôde ser aberto e lido, já que se trata de arquivo criptografado e várias vezes encriptado, cuja chave secreta, segundo Barraza, "só viria à público no caso de Julian Assange sofrer algo mais grave".

"insurance.aes256 hoje é o delírio dos hackers que buscam de toda forma romper os códigos de acesso e adentrar ao conteúdo", disse Barraza. "Algumas pessoas teriam verificado que aparenta estar em formato PDF, mas um PDF em 1.39 GB?", questionou o invetigador.

Seria esta uma das cartas na manga de Assange? Barraza acredita que sim e refere-se ao insurance [Seguro, em inglês] como um arquivo conhecido por "espelho", que enquanto mostra um lado, estaria correndo outro, ao mesmo tempo e de maneira oculta no computador, armazenando datas e se valendo de nossos IP's para serem utilizados como servidores conjuntos (similar ao programa ARES para compartilhar música).

"Não poderá ler, mas estará correndo em seu PC como no de milhares de outros. Quem se anima a baixá-lo?", ironizou ele. "Se você é daqueles acomodados que esperam sempre por tudo em mãos, tudo bem, está numa posição muito cômoda e fácil, mas saiba que pode ajudar de verdade", discorreu.

Para descarregar o insurance.aes256, basta clicar aqui, ou caso tenha o utorrent ou bittorrent, clique Aqui.

Não pergunte o que pode fazer o Fenómeno UFO por ti, questione o que pode fazer tu pelo Fenómeno UFO. Pesquise", completou.

Estaremos permanentemente atentos sobre o desenrolar deste suposto "mega-cable". Tomara contenha realmente assuntos de interesse à Comunidade Ufológica. Alguns integrantes da Equipa UFO baixaram o insurance, mas de facto, a partir de certo ponto, são necessárias chaves, códigos e senhas, indisponíveis.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...